Fernando Meirelles e Google Earth lançam webdoc sobre Amazônia

Eu Sou Amazônia - WebdocCom o objetivo de ligar as pessoas à floresta e a quem vive nela, o webdocumentário Eu Sou Amazônia é uma experiência imersiva que estabelece uma conexão direta entre o espectador e o filme. As imagens de satélite do Google Earth são a mídia principal da produção e funcionam como fio condutor entre as histórias, contadas por meio de vídeos, textos, imagens still e 360º e mapas do Google Street View. Veja o trailer do webdoc:

No total são 11 histórias organizadas em capítulos no webdoc. O usuário é livre para navegar na plataforma de Eu Sou Amazônia de acordo com suas preferências. As narrativas mostram de que forma os seres humanos estão conectados com a Amazônia: água, mudanças culturais e climáticas, comida, raízes e ancestralidade, inovação, liberdade, resistência e resiliência, aventura e conhecimento.

Além dessas temáticas principais, uma parceria com o Instituto Socioambiental ajudou o Google Earth a construir uma visualização de dados dos 472 territórios indígenas demarcados no Brasil. A plataforma traz informações detalhadas de 20 desses povos.

Uma das histórias trazidas pelo webdocumentário é da Batalha do Livramento, que aconteceu no Pará em 1996. Desde a década de 1970, o povo tembé tenetehara estava sendo dizimado e suas terras invadidas. Um fazendeiro polonês tomou parte do território indígena e, como forma de protesto, 77 indígenas tembé queimaram a madeira tirada de suas terras. Foram encurralados e ficaram presos na delegacia de Livramento por três dias.

Somente em 2010 foi realizada a reintegração de posse a favor do povo indígena e, em 2014, a terra voltou a pertence a eles. Hoje, a aldeia usa tecnologias como Google Earth e Open Data Kit para registrar e analisar dados de invasões e registros ilegais e, assim, lutar por seus direitos.

Treinamento gratuito do Google News Lab

O Google News Lab, braço do Google para treinamento de jornalistas sobre tecnologia, disponibiliza o curso sobre Google Earth Pro on-line e gratuito. O software permite criar narrativas a partir de imagens de satélite e tours de vídeo em 2D e 3D.

Jessica Cruz, especial para o Webdocumentário

,